São Paulo: (11) 98758-7663 - (11) 3504-4304 | Vitória: (27) 99707-3433 - (27) 99886-7489

Tremedeira no Olho - O que Pode Ser?

Dr Diego de Castro
16/02/2022
Compartilhe

Muitas pessoas experimentam Tremedeira no Olho, especialmente quando estão cansadas, passando por situações estressantes ou ingeriram grande quantidade de alguma substância estimulante, como cafeína.

Segundo o NHS, na maioria dos casos, esse tipo de tremor é totalmente benigno, sendo denominado Mioquimia Ocular. Raramente, outro problema com o cérebro ou o sistema nervoso é a causa do tremor nos olhos.

Neste artigo, Dr Diego de Castro, Neurologista e Neurofisiologista pela USP, explica sobre a Tremedeira no Olho, suas características, causas, formas de diagnóstico e tratamento.

Compreendendo a Tremedeira no Olho

A Mayo Clinic explica que, quando nos referimos a Tremedeira no Olho, significa que que as pálpebras estão contraindo a cada poucos segundos. Normalmente, apenas a pálpebra superior se contrai. Na maioria das vezes, os dois olhos apresentam contração das pálpebras, mas pode acontecer de apenas um olho apresentar sintomas. A pálpebra pode fechar parcialmente ou completamente, impedindo a visão.

Estas contrações podem variar em gravidade e frequência. Em algumas pessoas, a contração dos olhos acontece com mais frequência e dura mais tempo com o tempo. Em muitos outros, os sintomas desaparecem e não voltam.

Além de espasmos nas pálpebras, algumas pessoas também podem experimentar os seguintes sintomas:

  • Irritação ocular (muitas vezes um primeiro sintoma)
  • Necessidade de piscar mais frequentemente
  • Sensibilidade à luz
  • Olhos secos
  • Dificuldade para enxergar, se a contração é frequente
  • Espasmos faciais.

A contração das pálpebras pode não acontecer durante o sono ou em momentos de alta concentração em uma tarefa. Muitas pessoas acham que certas tarefas podem aumentar a frequência da tremedeira no olho, por exemplo:

  • Falar
  • Cantar
  • Tocar outra parte do corpo.

Causas

Segundo o National Eye Institute, existem três causas que podem ser consideradas as mais comuns para a tremedeira no olho:

  • Mioquimia Ocular - uma condição totalmente benigna e transitória, causada por estados de liberação de adrenalina ou pela presença de algumas substâncias ou medicamentos em seu organismo. Pessoas com mioquimia ocular tem a impressão de que "a carne do olho está pulando", o que é entendido como um tremor.
  • Blefaroespasmo Essencial Benigno - um tipo de distonia (contração muscular involuntária) dos músculos ao redor dos olhos, geralmente devido a um mau funcionamento de células localizadas na região cerebral chamada gânglio basal.
  • Espasmo Hemifacial - condição caracterizada por contrações involuntárias frequentes dos músculos de apenas um lado da face. Os pacientes com espasmo hemifacial experimentam a contração (tremor) da pálpebra e da boca de forma simultânea.

Outras condições que podem causar a contração das pálpebras incluem:

  • Blefarite (uma inflamação das bordas das pálpebras)
  • Uveíte (uma inflamação em qualquer lugar do revestimento interior do olho)
  • Lesões na córnea
  • Olhos secos
  • Sensibilidade à luz
  • Tensão ocular - particularmente a tensão ocular digital por uso excessivo de computadores, tablets e smartphones.
tensão ocular digital e tremedeira no olho
O uso frequente de dispositivos eletrônicos pode causar tensão ocular digital e, consequentemente, tremedeira no olho.

Além do uso de cafeína, outras substâncias podem desencadear a tremedeira no olho:

  • Álcool
  • Tabagismo
  • Alguns medicamentos, especialmente aqueles que tratam psicose e epilepsia

Os distúrbios cerebrais e do sistema nervoso que podem causar contração das pálpebras incluem:

  • Doença de Parkinson
  • Esclerose múltipla
  • Paralisia de Bell
  • Síndrome de Tourette
  • Alguns tipos de Distonia
  • Lesões cerebrais causadas por inflamação ou AVC.

Quando a contração dos olhos é sinal de algum distúrbio do sistema nervoso, é quase sempre acompanhada de outros sinais e sintomas.

Quando Procurar um Médico

A tremedeira no olho geralmente desaparece sozinha dentro de alguns dias ou semanas com descanso, alívio do estresse e diminuição da cafeína. Mas a American Academy of Ophthalmology orienta marcar uma consulta com seu médico se:

  • A contração não desaparecer em poucas semanas
  • Acontecerem contrações várias vezes ao dia ou vários dias na semana
  • A pálpebra fechar completamente a cada contração
  • Houver dificuldade para abrir o olho
  • A contração também acontecer em outras partes do rosto ou corpo
  • O olho ficar vermelho, inchado ou seco
  • As pálpebras parecerem caídas ou fracas

Se o seu médico suspeitar de um problema cerebral ou do sistema nervoso, ele pode:

  • Realizar um exame físico, para verificar sinais comuns de outras doenças
  • Solicitar exames de imagem do cérebro como tomografia ou uma ressonância magnética, para excluir outras causas médicas da contração ocular
  • Encaminhá-lo a um neurologista especialista em distúrbios do movimento.

Tratamentos

Pode não ser necessário nenhum tratamento em casos leves de tremedeira no olho. Descansar e reduzir sua ingestão de cafeína pode ajudar a aliviar seus sintomas, quando eles forem causados pela mioquimia, por exemplo.

Quando os olhos irritados ou secos são a causa para as contrações, o uso de lágrimas artificiais pode aliviar os sintomas.

Em casos de blefaroespasmo essencial benigno e espasmo hemifacial, a Brain Foundation recomenda o uso de toxina botulínica para gerenciar os sintomas, já que são condições que não desaparecem por conta própria e ainda não existem tratamentos para eliminar o problema.

Para casos muito graves, seu médico pode sugerir cirurgia. Em um procedimento chamado mectomia, alguns dos músculos e nervos ao redor da pálpebra são retirados.

Também existe uma cirurgia para aliviar a pressão que uma artéria exerce sobre o nervo facial, uma das principais causas para o espasmo hemifacial. Os resultados são permanentes. Mas como em qualquer cirurgia, há uma chance de complicações.

Quando são outras condições de saúde que estão causando a contração dos olhos, com o tratamento dessa condição, os sintomas podem ser aliviados ou mesmo eliminados.

É Possível Prevenir a Tremedeira no Olho?

Se seus olhos se contraem com alguma frequência, procure observar quais são os possíveis gatilhos para esta contração. Muitas vezes, você pode tomar medidas que são suficientes para reduzir seus sintomas:

  • Reduza sua ingestão de cafeína
  • Procure dormir quantidade suficiente e com qualidade
  • Reduza, o quanto possível, seu nível de estresse (prática de exercícios, técnicas de respiração ou meditação podem ajudar)
  • Reduza outras fontes de irritação ocular (usando colírios e lágrimas artificiais ou óculos escuros quando se expor à luminosidade)
  • Ao usar dispositivos digitais, procure olhar para longe da tela a cada 20 minutos. Permita que seus olhos se concentrem em um objeto distante (cerca de 5 metros) por 20 segundos ou mais. Isso reduz a fadiga que pode desencadear a contração dos olhos.

Se mesmo com estas práticas, a contração permanecer, pode ser necessário uma investigação diagnóstica para descartar outras causas de contração ocular e indicar uma forma de tratamento adequada.

Dr Diego de Castro Neurologista & Neurofisiologista

Dr Diego de Castro é Neurologista pela USP especialista em distúrbios do movimento.

Conhece alguém com tremedeira no olho? Indique esse artigo para mostrar os tipos de tremores que podem afetar o olho e a importância da avaliação médica para o diagnóstico definitivo.

Gostou desse artigo? Siga-nos nas redes sociais! Leia nossos outros artigos:

Nossos endereços para atendimento presencial:

Av. Américo Buaiz, 501 – Sala 109
Ed. Victória Office Tower Leste, Enseada do Suá, Vitória – ES, CEP: 29050-911

Telefone: (27) 99707-3433

R. Itapeva, 518 - sala 901 Bela Vista - São Paulo - SP, CEP: 01332-904

Telefones: (11) 3504-4304 e (11) 98758-7663

Posts Relacionados:


Compartilhe
Posts mais Populares
Acompanhe nosso Podcast!
Escute nossos conteúdos em áudio, na sua plataforma preferida:
Assine nossa Newsletter!

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail todos os nossos novos artigos.

Dr Diego de Castro dos Santos
Neurologia - Dr Diego de Castro
Dr Diego de Castro dos Santos é Neurologista pela USP e responsável pelo Serviço de Especialidades Neurológicas – Eletroneuromiografia. Atua como neurologista em Vitória Espírito Santo ES e em São Paulo no tratamento de Dor de Cabeça, Depressão, Doença de Parkinson, Miastenia gravis e outras doenças. Também se dedica a reabilitação de pacientes com AVC, distonias e crianças com paralisia cerebral, por meio de aplicação de toxina botulínica (Botox) e neuromodulação.

One comment on “Tremedeira no Olho - O que Pode Ser?”

  1. Boav tarde!
    Sofre de Parkinson a uns 10 anos.
    Moro em Em Porto Alegre.Gostaria Que vindicassem nome de neurologistas, fisioterapeutas, e fonoaudiólogos que Trabalham como vocês no Combate à doença.
    Meu plano De saúde é o IPÊ.
    Se vocês tiverem manuais e orientação para os que tem esta doença, gostaria de adquirir.
    Meu telefone é (51) 99231 2237.
    [email protected]
    Um abraço,
    Maria da Graça de nadal

    Enviado do meu iPhone

Dúvidas? Sugestões?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

DR DIEGO DE CASTRO

Dr. Diego de Castro dos Santos
Neurofisiologia clínica - RQE 74154
Neurologia - RQE 74153
Diretor Clínico Autor e Responsável Técnico pelo Site – Mantenedor.

Missão do Site: Prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade. Destinado ao público em geral.
NEUROLOGISTA EM SÃO PAULO – SP
CRM-SP 160074

R. Itapeva, 518 - sala 901
Bela Vista - São Paulo - SP 
CEP: 01332-904

Telefones:
(11) 3504-4304
(11) 98758-7663

NEUROLOGISTA VITÓRIA – ES
CRM-ES 11.111

Av. Américo Buaiz, 501 – Sala 109
Ed. Victória Office Tower Leste, Enseada do Suá, Vitória – ES, CEP: 29050-911

Telefones:
(27) 99707-3433
(27) 99886-7489

magnifier
× Como posso ajudar?
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram