São Paulo: (11) 98758-7663 - (11) 3504-4304 | Vitória: (27) 99707-3433 - (27) 99886-7489

Dormência nas Pernas - Sintomas e Causas

Dr Diego de Castro
22/06/2022
Compartilhe

Quem não experimentou um pouco de formigamento ou dormência nas pernas de vez em quando? Normalmente, não é motivo para preocupar-se. Mas, às vezes, algumas condições podem fazer com que esses mesmos sintomas sejam persistentes, até mesmo constantes.

Segundo a Mayo Clinic, o termo médico para a dormência nas pernas é Parestesia. e significa algum problema com a comunicação entre o cérebro e os nervos da perna, devido a danos, irritação ou compressão dos nervos (mesmo que temporário).

Neste artigo, Dr Diego de Castro, Neurologista e Neurofisiologista pela USP, explica sobre as condições que podem causar dormência nas pernas e quais são os sintomas que podem estar associados.

Causas da Dormência nas Pernas

De acordo com a Harvard Health, uma pessoa pode sentir dormência nas pernas e pés devido a sentar-se em uma posição que coloca muita pressão nos nervos ou reduz o fluxo sanguíneo.

No entanto, dormência crônica ou duradoura, na maioria das vezes, é sinal de uma condição médica que esteja causando pressão sobre os nervos.

Algumas condições que podem estar associadas à dormência nas pernas incluem:

Postura

Hábitos posturais que pressionam os nervos ou reduzem o fluxo sanguíneo nos membros inferiores são a causa mais comum de dormência temporária nas pernas e pés. Muitas pessoas dizem que sua perna "adormeceu".

Os hábitos que podem fazer com que os pés e pernas durmam incluem:

  • Cruzar as pernas por muito tempo
  • Sentar-se ou ficar ajoelhado por longos períodos
  • Sentar sobre os pés
  • Vestir calças, meias ou sapatos muito apertados.

Lesão

Lesões em algumas regiões do nosso corpo podem pressionar os nervos e fazer com que pés e pernas pareçam adormecidas. Locais que podem sofrer lesões e causar dormência nas pernas incluem:

  • Tronco
  • Coluna
  • Quadris
  • Pernas
  • Tornozelos
  • Pés.

Diabetes

A Cleveland Clinic explica que algumas pessoas com diabetes desenvolvem um tipo de dano nervoso chamado neuropatia diabética, que pode causar dormência, formigamento e dor nos pés.

Quando o açúcar no sangue fica descontrolado por longos períodos, o açúcar pode se acumular e danificar os nervos que transmitem mensagens entre o cérebro e a coluna vertebral e outras partes do corpo, incluindo as pernas.

Problemas na Coluna Lombar

Problemas na parte inferior das costas, como uma hérnia de disco, podem causar compressão dos nervos que vão para as pernas, levando a dormência ou outros distúrbios sensoriais.

Ciática é o nome para irritação do nervo ciático, que vai da parte inferior das costas até as pernas. Se este nervo ficar irritado ou comprimido, uma pessoa pode sentir dormência ou formigamento nas pernas ou pés, associada ou não a dor que percorre a extensão do nervo.

A ciática também está associada à dormência nas pernas
A ciática também está associada à dormência nas pernas

Síndrome do Túnel do Tarso

A síndrome do túnel do tarso ocorre com a compressão do nervo tibial, que corre pela parte de trás da perna e ao longo do interior do tornozelo, uma região chamada túnel do tarso.

Pessoas com síndrome do túnel tarso tendem a sentir dormência, queimação, formigamento e sensação de pontadas nos tornozelos e pés.

Doença Arterial Periférica

Segundo o NHS, a doença arterial periférica (DAP) causa o estreitamento das artérias sanguíneas periféricas nas pernas, braços e estômago, reduzindo a quantidade de sangue que abastece estas regiões. As pernas são a parte mais impactada pela doença.

A maioria das pessoas com DAP experimenta dor e cãimbras nas pernas e quadris quando estão andando ou subindo. Algumas pessoas também experimentam dormência e fraqueza nas pernas.

Estes sintomas normalmente desaparecem após alguns minutos de descanso.

Tumores ou Outros Crescimentos Anormais

Tumores, cistos, abscessos e crescimentos benignos (não cancerosos) podem pressionar o cérebro, a medula espinhal ou qualquer parte das pernas e pés.

Esta pressão pode restringir o fluxo sanguíneo para as pernas e pés, causando dormência.

Uso de Álcool

As toxinas no álcool podem causar danos nos nervos que estão associados à dormência, especialmente nas pernas e pés.

O consumo crônico ou excessivo de álcool também pode levar a danos permanentes nos nervos que causam dormência frequente.

Fibromialgia

A fibromialgia é uma condição crônica ou duradoura que causa dor corporal generalizada. Algumas pessoas com fibromialgia também experimentam dormência e formigamento nas mãos e pés.

A maioria das pessoas com fibromialgia experimenta uma variedade de sintomas, incluindo:

  • Rigidez e dor sem motivo aparente, especialmente pela manhã ou depois de dormir
  • Exaustão crônica
  • Problemas de memória e dificuldade para pensar claramente
  • Síndrome das Pernas Inquietas.

Quase todos com fibromialgia experimentam sintomas em mais de uma parte do corpo por pelo menos 3 meses. Se a dormência nas pernas e pés não é acompanhada por outros sintomas ou não é de longo prazo, é improvável que seja causada por fibromialgia.

AVC ou AIT

Um acidente vascular cerebral ou mesmo o ataque isquêmico transitório causam danos cerebrais que podem afetar a forma como o cérebro interpreta e processa sinais nervosos. Pessoas que tiveram um AVC podem sentir dormência temporária ou de longo prazo em partes do corpo.

Esclerose Múltipla

Pessoas com esclerose múltipla (EM) sofrem danos sensoriais no nervo que podem causar dormência em uma pequena região de seu corpo ou membros.

Embora a dormência associada à EM geralmente dure apenas por um curto período, ela pode durar o suficiente para se tornar incapacitante.

Lúpus

Conforme a Lupus Foundation of America, o lúpus é uma das muitas doenças autoimunes que podem causar neuropatia periférica. Muitas vezes, isso resulta em dormência nas mãos e pés, mas também pode afetar as pernas.

O processo é semelhante ao de um nervo comprimido: o tecido inflamado afeta os nervos, causando dormência, formigamento ou outras sensações.

Essa dormência às vezes pode ser aliviada ao tratar a doença e realizando práticas de estilo de vida saudáveis, como comer uma dieta equilibrada e se exercitar regularmente.

Sintomas Associados à Dormência nas Pernas

Segundo o NINDS, dormência é apenas um dos muitos sintomas relacionados à parestesia. Muitas pessoas com dormência nas pernas e pés experimentam sintomas adicionais, tais como:

  • Dores na perna afetada
  • Sensação de queimação na perna
  • Sensibilidade ao toque
  • Sensação de "pontadas"
  • Espasmos musculares
  • Sentir como se algo estivesse rastejando sob a pele
  • Coceira
  • Fraqueza da perna afetada
  • Ansiedade
  • Dor nas costas

A perda de sensibilidade na perna pode desaparecer rapidamente. No entanto, se a dormência persistir ou estiver associada a estes sintomas, é importante procurar um médico para realizar uma investigação diagnóstica e identificar se alguma das condições que abordamos acima está causando a persistência dos sintomas.

Procure atendimento médico imediato se você sentir dormência nas pernas devido a uma lesão recente ou se também houver a presença de algum desses sinais:

  • Erupção cutânea
  • Urinação mais frequente
  • Fala arrastada
  • Visão reduzida
  • Perda de controle intestinal ou da bexiga
  • Paralisia
  • Dor de cabeça súbita e severa
  • Confusão
  • Tontura

Estes sintomas podem indicar a presença de uma condição que necessita de intervenções médicas de urgência.

Para tratar adequadamente a dormência nas pernas, é necessário identificar a condição que a está causando. Em nosso próximo artigo, vamos explicar sobre Diagnóstico e Tratamento da Dormência nas Pernas. Continue acompanhando nosso blog para saber mais.

Dr Diego de Castro Neurologista e Neurofisiologista

Dr Diego de Castro é Neurologista e Neurofisiologista pela USP e se dedica integralmente ao universo do diagnóstico e assistência. À frente do Serviço de Especialidades Neurológicas, oferece um serviço de qualidade em diagnóstico de neuropatias e outras condições neurológicas.

Médico especialista em Eletroneuromiografia e Doenças Neuromusculares e à frente do Serviço de Eletroneuromiografia SP - Dr Diego de Castro, realiza o exame de eletroneuromiografia em São Paulo e Vitória - ES com qualidade reconhecida pela Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica.

Gostou deste artigo? Compartilhe com uma amigo! Siga-nos nas redes sociais. Aprenda sobre outras condições lendo outros artigos:

Especialidades Neurológicas – Eletroneuromiografia

Oferecemos uma avaliação neurológica com uma eletroneuromiografia de qualidade, capaz de auxiliar no diagnóstico diferencial.

Clique aqui e conheça nossa história e trajetória.

Estamos disponíveis para cuidar de você nos endereços:

Avenida Américo Buaiz, 501 – Ed. Victória Office Tower Leste, Sala 109 - Enseada do Suá, Vitória - ES, 29050-911

Tel: (27) 99707-3433

R. Itapeva, 518 - sala 901 Bela Vista - São Paulo - SP, CEP: 01332-904

Telefones: (11) 3504-4304 e (11) 98758-7663

Posts Relacionados:


Compartilhe
Posts mais Populares
Acompanhe nosso Podcast!
Escute nossos conteúdos em áudio, na sua plataforma preferida:
Assine nossa Newsletter!

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail todos os nossos novos artigos.

Dr Diego de Castro dos Santos
Neurologia - Dr Diego de Castro
Dr Diego de Castro dos Santos é Neurologista pela USP e responsável pelo Serviço de Especialidades Neurológicas – Eletroneuromiografia. Atua como neurologista em Vitória Espírito Santo ES e em São Paulo no tratamento de Dor de Cabeça, Depressão, Doença de Parkinson, Miastenia gravis e outras doenças. Também se dedica a reabilitação de pacientes com AVC, distonias e crianças com paralisia cerebral, por meio de aplicação de toxina botulínica (Botox) e neuromodulação.
Dúvidas? Sugestões?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

DR DIEGO DE CASTRO

Dr. Diego de Castro dos Santos
Neurofisiologia clínica - RQE 74154
Neurologia - RQE 74153
Diretor Clínico Autor e Responsável Técnico pelo Site – Mantenedor.

Missão do Site: Prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade. Destinado ao público em geral.
NEUROLOGISTA EM SÃO PAULO – SP
CRM-SP 160074

R. Itapeva, 518 - sala 901
Bela Vista - São Paulo - SP 
CEP: 01332-904

Telefones:
(11) 3504-4304
(11) 98758-7663

NEUROLOGISTA VITÓRIA – ES
CRM-ES 11.111

Av. Américo Buaiz, 501 – Sala 109
Ed. Victória Office Tower Leste, Enseada do Suá, Vitória – ES, CEP: 29050-911

Telefones:
(27) 99707-3433
(27) 99886-7489

magnifier
× Como posso ajudar?
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram