São Paulo: (11) 3504-4304 | Vitória: (27) 99707-3433 - (27) 99886-7489

Melatonina - Efeitos, Indicações e Cuidados

Dr Diego de Castro
13/04/2022
Compartilhe

Segundo o NIH, Melatonina é um hormônio natural que nosso corpo utiliza para regular o ritmo circadiano, o relógio corporal que, entre outras funções vitais, determina quando dormir e quando acordar todos os dias.

Dado o papel essencial da melatonina nos relógios internos do organismo, a suplementação com este hormônio se tornou muito popular. Mas é importante estar atento e considerar cuidadosamente os potenciais benefícios, efeitos e cuidados necessários com a utilização deste suplemento.

Neste artigo, Dr Diego de Castro, Neurologista e Neurofisiologista pela USP, explica sobre a Suplementação com Melatonina, seus benefícios e precauções que devemos ter em relação ao seu uso.

O que é Melatonina

O NHS explica que a melatonina é um hormônio que o cérebro produz em resposta à escuridão. Seu efeito consiste em regular o ritmo circadiano (nosso relógio interno de 24 horas), especialmente por meio dos horários de dormir e acordar.

Pesquisas estão sendo realizadas para identificar se a melatonina desempenha outros papéis importantes no corpo além do sono (por exemplo: regular a temperatura corporal, pressão arterial, glicemia, peso corporal e níveis de alguns hormônios). Mas até o momento, esses efeitos ainda não foram totalmente compreendidos.

Nosso corpo começa a produzir melatonina gradualmente, cerca de duas horas antes de dormir, e continua produzindo-a durante toda a noite.

A melatonina se liga a receptores em nosso corpo para promover o relaxamento. Por exemplo, ela se liga a receptores no cérebro para reduzir a atividade nervosa. Ela também promove uma redução nos níveis de dopamina, um hormônio envolvido no estado de alerta e em alguns aspectos do ciclo diurno dos olhos.

Para a produção de melatonina, a presença do escuro é fundamental. À medida que o nascer do sol se aproxima, os níveis começam a cair, informando ao nosso relógio corporal que é hora de acordar e começar o dia.

Quando Utilizar

Como a melatonina ajuda nosso corpo a se preparar para dormir, pessoas que não produzem quantidade suficiente deste hormônio à noite podem ter dificuldade para dormir.

Conforme a Mayo Clinic, muitos fatores podem causar baixos níveis de melatonina à noite, como:

  • Consumo de álcool
  • Tabagismo
  • Consumo de cafeína
  • Trabalho de turno
  • Envelhecimento
  • Uso de alguns medicamentos
  • Exposição a luz artificial à noite, especialmente a luz azul dos equipamentos eletrônicos

Tomar um suplemento de melatonina pode ajudar a combater níveis baixos e normalizar seu relógio interno.

Suplementos alimentares de melatonina podem ser feitos de animais ou micro-organismos, mas na maioria das vezes são feitos sinteticamente.

Esta suplementação é geralmente inofensiva, quando realizada por um curto período de tempo, para ajudar em certas condições em que houve algum tipo de desregulação do ciclo circadiano. Por exemplo:

  • Jet lag - situação que afeta as pessoas quando viajam por via aérea através de vários fusos horários. Com o jet lag, você pode não se sentir bem no geral e ter sono perturbado, cansaço diurno, funcionamento prejudicado e problemas digestivos.
  • Síndrome do atraso das fases do sono - pessoas com este distúrbio do sono geralmente adormecem algumas horas depois da meia-noite e têm dificuldade de acordar e se manter produtivas pela manhã.
  • Trabalhadores de turno com horários irregulares.
  • Uma vez que a produção de melatonina também diminui com a idade, as pessoas mais velhas podem ter problemas para dormir, e a melatonina pode fornecer alívio neste caso.

Como Suplementar a Melatonina

Tomar melatonina uma ou duas horas antes de dormir pode ser eficaz para problemas de sono relacionados aos seus ritmos circadianos.

Mas antes de experimentar a melatonina, o Johns Hopkins Health System recomenda fazer alguns ajustes simples de estilo de vida que podem melhorar a higiene do sono, para que seu corpo, naturalmente, possa regular seu relógio interno. Isso pode ser feito com práticas como:

  • Mantenha um horário consistente de sono. Se possível, vá para a cama no mesmo horário todas as noites, e também levante-se no mesmo horário pela manhã (até nos finais de semana).
  • Deixe seu quarto fresco e confortável. Coloque a temperatura ambiente entre 15 e 20 graus Celsius. Certifique-se de que está escuro e silencioso.
  • Use a luz a seu favor. Exponha-se à luz pela manhã (especialmente a luz solar), mas evite expor-se à luz artificial à noite.
  • Evite o uso de aparelhos eletrônicos à noite. À medida que a hora de dormir se aproxima, leia ou faça algo relaxante como tomar um banho quente. Evite usar seu laptop, telefone ou tablet porque a luz azul que eles emitem pode interferir com o seu sono.
  • Não fique muito tempo acordado na cama. Se você não consegue dormir, saia da cama e faça algo relaxante até se sentir sonolento de novo.
  • Limite a ingestão de cafeína. Certifique-se de evitar alimentos ou bebidas com cafeína, incluindo café, refrigerante e chocolate, pelo menos quatro a seis horas antes de ir para a cama.
  • Evite outros potenciais inibidores do sono. Evite cigarros, álcool e refeições pesadas muito perto da hora de dormir.

Quando a mudança de hábitos não promove o efeito esperado sobre o sono, é sempre importante procurar ajuda médica para tomar melatonina.

higiene do sono
Antes de experimentar a melatonina, considere fazer alguns ajustes em seus hábitos de sono.

O uso a curto prazo da melatonina pode não ser prejudicial, mas não há evidências suficientes sobre sua segurança a longo prazo. E, em alguns casos, contar apenas com uso da melatonina para induzir o sono pode mascarar outro problema que esteja causando a sua dificuldade para dormir.

Por exemplo, a insônia poderia sinalizar problemas como:

  • Desequilíbrio hormonal
  • Um distúrbio de saúde mental, como ansiedade ou depressão
  • Um distúrbio do sono, como a apneia do sono.

Se não forem tratadas, essas questões podem piorar ou possivelmente levar a complicações.

Efeitos Adversos e Interações

Segundo artigo publicado no periódico Arquivos de Neuro-Psiquiatria, da Academia Brasileira de Neurologia, em alguns casos, o uso de melatonina pode levar a alguns sintomas desconfortáveis. Eles geralmente são leves, mas você pode experimentar:

  • Náusea
  • Tontura
  • Dor de cabeça
  • Sonolência (quando deveria estar alerta).

Por essas razões, é importante não dirigir ou operar máquinas por cinco horas depois de tomar melatonina.

A suplementação também pode interferir com outros medicamentos, incluindo:

  • Anticoagulantes
  • Medicamentos para diabetes
  • Supressores do sistema imunológico
  • Anticonvulsivos
  • Alguns contraceptivos.

Se você está tomando qualquer tipo de medicação, é importante contar ao seu médico antes de tomar melatonina ou qualquer outro suplemento.

Quando não é Indicado

Conforme a Sleep Foundation, certas pessoas devem ser mais cautelosas sobre o uso de melatonina, incluindo aquelas com:

  • Insônia crônica. Pessoas que têm problemas para adormecer ou continuar dormindo durante a noite, por períodos maiores que um mês não devem usar melatonina. Para este caso, outras formas de tratamento devem ser implementadas (uma combinação de mudanças de estilo de vida, terapia cognitivo-comportamental e/ou medicação).
  • Síndrome das Pernas Inquietas. A sensação incômoda nas pernas que afeta as pessoas com este distúrbio do sono, mantendo-as acordadas, pode ser piorada pela melatonina. O suplemento pode intensificar os sintomas porque reduz a quantidade de dopamina no cérebro.
  • Demência. É comum que pessoas com demência tenham insônia. Mas nestes indivíduos, a melatonina é metabolizada mais lentamente, resultando em sonolência diurna, o que também pode aumentar o risco de quedas.
  • Se você bebeu álcool, também não é seguro tomar melatonina.

Ainda há poucos dados sobre os efeitos a longo prazo dos suplementos de melatonina, tanto em crianças quanto em adultos. Por este motivo, é importante manter uma conversa contínua com seu médico sobre o uso da melatonina e a qualidade de seu sono e saúde geral.

Caso você apresente algum problema em relação ao seu sono não deixe de buscar diagnóstico e tratamento. Dormir bem é importante para sua saúde, qualidade de vida e prevenção de muitas doenças.

Aprofunde seus conhecimentos sobre o sono e os distúrbios que o afetam, lendo nossos artigos:

Dr Diego de Castro Neurologista Tratamento de Problemas do Sono e Diagnóstico de Distúrbios do Sono

Rua Itapeva, 518 - sala 901
Bela Vista
São Paulo - SP, 01332-904

Telefones: (11) 3504-4304 e (11) 98758-7663

Especialidades Neurologicas - Eletroneuromiografia Tratamento de Distúrbios do Sono

Avenida Americo Buaiz, 501 - Victória Office Tower - Torre Leste - Enseada do Suá, Vitória - ES, 29050-911

Tel: (27) 99707-3433

Posts Relacionados:

Compartilhe
Posts mais Populares
Acompanhe nosso Podcast!
Escute nossos conteúdos em áudio, na sua plataforma preferida:
Assine nossa Newsletter!

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail todos os nossos novos artigos.

Dr Diego de Castro dos Santos
Neurologia - Dr Diego de Castro
Dr Diego de Castro dos Santos é Neurologista pela USP e responsável pelo Serviço de Especialidades Neurológicas – Eletroneuromiografia. Atua como neurologista em Vitória Espírito Santo ES e em São Paulo no tratamento de Dor de Cabeça, Depressão, Doença de Parkinson, Miastenia gravis e outras doenças. Também se dedica a reabilitação de pacientes com AVC, distonias e crianças com paralisia cerebral, por meio de aplicação de toxina botulínica (Botox) e neuromodulação.
Dúvidas? Sugestões?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

DR DIEGO DE CASTRO

Dr. Diego de Castro dos Santos
Neurofisiologia clínica - RQE 74154
Neurologia - RQE 74153
Diretor Clínico Autor e Responsável Técnico pelo Site – Mantenedor.

Missão do Site: Prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade. Destinado ao público em geral.
NEUROLOGISTA EM SÃO PAULO – SP
CRM-SP 160074

R. Itapeva, 518 - sala 901
Bela Vista - São Paulo - SP 
CEP: 01332-904

Telefones:
(11) 3504-4304
(11) 98758-7663

NEUROLOGISTA VITÓRIA – ES
CRM-ES 11.111

Av. Américo Buaiz, 501 – Sala 109
Ed. Victória Office Tower Leste, Enseada do Suá, Vitória – ES, CEP: 29050-911

Telefones:
(27) 99707-3433
(27) 99886-7489

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com o uso de cookies. Leia nossa política de privacidade/cookies para saber mais informações.
magnifier
× Como posso ajudar?
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram