São Paulo: (11) 98758-7663 - (11) 3262-4745 | Vitória: (27) 99707-3433 - (27) 99886-7489

Por que as Pessoas Roncam Durante o Sono?

Dr. Diego de Castro dos Santos21/10/2020
Compartilhe

Segundo a Sleep Foundation, o ronco é uma das razões mais comuns para a qualidade perturbada do sono. Ele obstrui a respiração normal à noite e levar a despertares e um sono fragmentado. Além disso, seu parceiro pode estar sofrendo por causa dos ruídos que são emitidos quando o fluxo de ar é bloqueado.

Neste artigo, Dr Diego de Castro, Neurologista e Neurofisiologista pela USP, explica sobre as principais causas do ronco e os tratamentos que podem ajudar a dormir melhor.

Por que as Pessoas Roncam?

Conforme a Mayo Clinic, ronco é o som produzido por estruturas vibrantes das vias aéreas superiores, tipicamente durante a respiração. Qualquer parte membranosa das vias aéreas sem suporte cartilaginoso, incluindo a língua, palato mole, úvula, tonsilas e paredes faríngeas, pode vibrar.

Quando você dorme, o tônus muscular em todo o corpo diminui. Esse relaxamento dos músculos das vias aéreas superiores durante o sono pode diminuir o espaço das vias aéreas e causar turbulência no fluxo de ar. E isto resulta no ruído vibratório áspero conhecido como ronco.

Roncar é uma Doença?

Informações da Johns Hopkins Medicine apontam que roncar não é uma doença, mas um sintoma. Assim como uma tosse pode ser sintoma de pneumonia, o ronco pode ser sintoma de apneia obstrutiva do sono.

A apneia obstrutiva do sono é um distúrbio do sono caracterizado por ronco, respiração dificultada e pausas respiratórias repetitivas ou suspiros durante o sono.

As pausas respiratórias resultam de obstrução das vias aéreas e podem estar associadas a reduções nos níveis de oxigênio. Normalmente, a obstrução respiratória é seguida por um breve momento de excitação, que leva a pessoa a acordar - e isso causa um sono fragmentado e menos tranquilo.

Esta condição pode causar sonolência diurna excessiva, diminuição da atenção e baixa concentração e diminuição dos níveis de energia. As consequências podem ser bastante graves e incluem acidentes automobilísticos se um sofredor se tornar desatento ou dormir enquanto dirige.

Apneia do Sono e Hipertensão
A apneia obstrutiva do sono também está casualmente relacionada a complicações vasculares, como a hipertensão.

Causas Mais Frequentes para o Ronco

A National Sleep Foundation indica como principais causas do ronco os seguintes fatores:

  • Anatomia Bucal - Características físicas, como a anatomia da boca, mandíbula, língua, garganta e pescoço podem contribuir para o ronco.
  • Consumo de Álcool - O álcool pode causar o problema ou levar ao ronco mais alto. Isso acontece por causa do efeito relaxante que o álcool tem nos músculos da mandíbula e da garganta, que então bloqueia as vias aéreas e resulta em ronco e sono perturbado.
  • Problemas Nasais - Congestão nasal torna difícil ou impossível respirar pelo nariz.
  • Posição Durante o Sono - Dormir em uma posição ruim pode colocar muita pressão em certas partes do corpo à noite e possivelmente ser um catalisador para o ronco. Vale a pena aprender mais sobre cada posição de sono para descobrir a posição ideal para você.
  • Apneia do Sono - Muitas pessoas sofrem de apneia do sono sem perceber. Alguns sintomas de apneia incluem dores de cabeça matinais, insônia, dificuldade para respirar ao dormir e, claro, roncar regularmente.
  • Ganho de Peso - Se você sofre de obesidade ou recentemente engordou mais, a respiração adequada à noite pode estar mais difícil. Isso resulta em ronco por causa do tecido volumoso da garganta.
  • Gravidez - Cerca de 30% das gestantes no terceiro trimestre começam a roncar, como resultado da prensagem do útero no diafragma.

Fatores de risco adicionais associados ao desenvolvimento do ronco incluem alergias, uso de relaxantes musculares ou sedativos e tabagismo.

Como Evitar o Ronco

Dormir bem é importante. E o ronco pode afetar a qualidade do sono. Normalmente, o ronco pode aumentar à medida que envelhecemos. Por este motivo, é sempre melhor tomar medidas preventivas agora.

O NHS recomenda algumas mudanças no estilo de vida, que podem ajudar a reduzir o ronco:

  • Verifique seus níveis de privação do sono. Se você não está dormindo o suficiente, planeje como começar a ir para a cama mais cedo e não faça nada muito intenso à noite.
  • Comece a praticar exercícios. Mesmo que seja difícil fazer exercícios em meio às nossas vidas ocupadas, uma vida mais saudável pagará dividendos na maneira como você olha e se sente, e como um bônus, pode ajudá-lo a parar de roncar!
  • Preste atenção às suas refeições antes de dormir. Pesquisas mostram que comer grandes refeições ou consumir certos alimentos, como laticínios ou leite de soja, antes de dormir pode piorar o ronco.
  • Experimente outras posições para dormir ou tente mudar seu travesseiro para um que mantenha as curvaturas naturais da sua coluna e pescoço.
  • Mantenha o ar do quarto úmido. O ar seco pode irritar as membranas do nariz e da garganta, tornando-as inchadas. Se este é o problema, usar um umidificador durante a noite pode ajudar.

Se o ronco persistir, não hesite em procurar um especialista. Você pode ter apneia do sono ou outro distúrbio que esteja causando seu ronco.

É Possível Tratar o Ronco?

Existem diversas possibilidades de tratamento para o ronco, que vão desde dispositivos simples e não invasivos que abrem as passagens nasais a procedimentos cirúrgicos mais invasivos. Segundo o NHS, o tratamento para o ronco depende de qual é a sua causa.

As formas não invasivas de reduzir o ronco incluem perder peso, evitar álcool e sedativos e gerenciar quaisquer sintomas alérgicos. E como o tabagismo pode levar a inflamações nas vias aéreas e inchaço e pode estreitar ainda mais as vias aéreas superiores, a cessação do tabagismo pode melhorar o ronco.

Os aparelhos orais são dispositivos dentários que você utiliza para dormir. Eles ajudam a avançar a posição da mandíbula, língua e palato mole, para manter aberta a passagem de ar durante o sono.

A Pressão contínua positiva das vias aéreas (CPAP) é uma abordagem que envolve usar uma máscara sobre seu nariz e/ou boca durante o sono. A máscara direciona ar pressurizado de uma pequena bomba de cabeceira para suas vias aéreas, para mantê-las abertas durante o sono.

Para as opções cirúrgicas, há uma série de procedimentos que buscam abrir as vias aéreas superiores e evitar um estreitamento significativo durante o sono.

Se você tentou soluções de autoajuda para roncar sem sucesso, não perca a esperança! Há opções médicas que podem fazer toda a diferença.

Dr Diego de Castro Neurologista & Neurofisiologista

Dr Diego de Castro é Neurologista pela USP e cuida de pacientes com distúrbios do sono e outras condições neurológicas.

Seu parceiro ronca ou apresenta fadiga, sonolência ou outro problema de sono? Compartilhe esse artigo! Siga-nos nas redes sociais!

Dormir bem é importante para a saúde, qualidade de vida e prevenção de muitas doenças. Saiba mais sobre o sono e outras condições neurológicas:

Dr Diego de Castro Neurologista em Vitória: Avenida Americo Buaiz, 501 - Victória Office Tower - Torre Leste - Enseada do Suá, Vitória - ES, 29050-911
(27) 99707-3433

Posts Relacionados:


Compartilhe

Posts mais Populares

Assine nossa Newsletter!

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail todos os nossos novos artigos.

Dr Diego de Castro dos Santos
Dr Diego de Castro Neurologista
Dr Diego de Castro dos Santos é Neurologista pela USP e responsável pelo Serviço de Especialidades Neurológicas – Eletroneuromiografia. Atua como neurologista em Vitória Espírito Santo ES e em São Paulo no tratamento de Dor de Cabeça, Depressão, Doença de Parkinson, Miastenia gravis e outras doenças. Também se dedica a reabilitação de pacientes com AVC, distonias e crianças com paralisia cerebral, por meio de aplicação de toxina botulínica (Botox) e neuromodulação.
Dúvidas? Sugestões?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DR DIEGO DE CASTRO

Dr. Diego de Castro dos Santos
Neurofisiologia clínica - RQE 74154
Neurologia - RQE 74153
Diretor Clínico Autor e Responsável Técnico pelo Site – Mantenedor.

Missão do Site: Prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade. Destinado ao público em geral.
NEUROLOGISTA EM SÃO PAULO – SP
CRM-SP 160074

R. Itapeva, 518 - sala 901
Bela Vista - São Paulo - SP 
CEP: 01332-904

Telefones:
(11) 3262-4745
(11) 98758-7663

NEUROLOGISTA VITÓRIA – ES
CRM-ES 11.111

Av. Américo Buaiz, 501 – Sala 109
Ed. Victória Office Tower Leste, Enseada do Suá, Vitória – ES, CEP: 29050-911

Telefones:
(27) 99707-3433
(27) 99886-7489

magnifier linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram