Conheça a Estrutura do Sono e sua Importância

/, Exames, Neurologia, Sono/Conheça a Estrutura do Sono e sua Importância

Conheça a Estrutura do Sono e sua Importância

Compartilhe

O sono é um evento restaurador das funções cerebrais e da saúde geral do nosso organismo. O sono normal é um evento estruturado que se divide em estágios. Quando dormimos à noite, normalmente passamos por 4 estágios do sono, que progridem ciclicamente de 1, 2, sono de ondas lentas e sono REM e recomeçam com o estágio 1. Cada um desses estágios tem um propósito diferente, portanto, entender cada estágio e sua importância pode ajudar a identificar e abordar os problemas relacionados ao sono.

Abaixo, vamos ver o que diferencia esses estágios, o que é importante sabermos sobre cada um deles e sobre a estrutura do sono.

Estrutura do Sono – Os Estágios do Sono

Antes da década de 1950, os cientistas costumavam acreditar que, quando as pessoas adormeciam, seus cérebros e corpos entravam no modo de “desligamento”, entrando em um estado passivo que lhes permitia se recuperar do dia anterior.

O que aprendemos desde então: o sono é um estado muito mais ativo do que imaginamos. De fato, durante o sono o cérebro passa por vários padrões de atividade. É um ciclo previsível que inclui duas partes distintas – NREM, ou sono não REM, além de um ciclo REM sigla de “Rapid Eye Movement” ou movimento rápido dos olhos em português.

Um ciclo completo de sono leva em média 90 a 110 minutos, com cada estágio durando entre 5 e 15 minutos. Os primeiros ciclos de sono a cada noite têm sono REM relativamente curto e longos períodos de sono profundo, mas depois, à noite, os períodos REM prolongam-se e o tempo de sono profundo diminui. Confira a seguir o que acontece em seu corpo durante cada fase do sono:

Estágio NREM 1

O estágio 1  é o mais leve do sono NREM. Frequentemente definida pela presença de movimentos oculares lentos, esse estágio de sono pode ser facilmente interrompido, causando despertares. O tônus ​​muscular por todo o corpo relaxa e a atividade das ondas cerebrais começa a desacelerar a partir da vigília.

Este é o sono um pouco mais agitado, superficial, não repousante, mas geralmente é apenas uma transição rápida, e não ficamos nela por muito tempo.

Estágio NREM 2

Quando falamos sobre sono leve, esse é o estágio ao qual nos referimos. Você está dormindo, mas pode ser facilmente acordado. Dito isto, o estágio 2 do sono não é superficial, nem é menos importante do que outros estágios do sono.

Durante esse estágio, as ondas cerebrais continuar a abrandar com rajadas específicas de atividade rápida conhecido como fusos de sono misturados com estruturas de sono conhecidos como complexos K. Acredita-se que tanto os fusos do sono quanto os complexos K sirvam como proteção para o cérebro despertar do sono.

É neste momento que seu corpo processa memórias e emoções e seu metabolismo se regula. Portanto, há muita manutenção corporal durante os estágios mais leves do sono. A temperatura corporal começa a diminuir e a frequência cardíaca começa a diminuir.

Estágio Sono de Ondas Lentas (Sono Profundo)

Este estágio é o do sono profundo. A atividade elétrica cerebral torna-se globalmente desacelerada, lentificada. Você não experimentará nenhum movimento ocular ou atividade muscular. Neste ponto, torna-se um pouco mais difícil para você ser despertado, porque seu corpo se torna menos sensível aos estímulos externos.

É nesta fase que o corpo repara músculos e tecidos, estimula o crescimento e o desenvolvimento, estimula a função imunológica e acumula energia para o dia seguinte. A respiração diminui e os músculos relaxam; a frequência cardíaca geralmente se torna mais regular.

Estágio do Sono REM

Você geralmente entra no sono REM cerca de 90 minutos depois de adormecer. Cada estágio REM pode durar até uma hora. Durante essa fase final do sono, seu cérebro se torna mais ativo. É quando a maioria dos sonhos ocorre. Seus olhos se movem rapidamente em direções diferentes, a frequência cardíaca e a pressão sanguínea aumentam, e a respiração se torna rápida, irregular e superficial.

O sono REM desempenha um papel importante na aprendizagem e na função da memória, pois é quando o cérebro consolida e processa as informações do dia anterior, para que elas possam ser armazenadas em sua memória de longo prazo.

O REM é muito importante para a regulação emocional e a memória – você está limpando o cérebro de coisas que não são necessárias. É também o pico da síntese de proteínas no nível celular, que mantém muitos processos no corpo funcionando adequadamente.

Você está lendo: Conheça a Estrutura do Sono e sua Importância.

estrutura-do-sono-estagios

Estrutura do Sono – O Ciclo de Sono e sua Importância

Um ciclo de sono é a progressão através dos vários estágios do sono NREM para o sono REM antes de iniciar a progressão novamente com o sono NREM. Normalmente, uma pessoa iniciaria um ciclo de sono a cada 90-120 minutos, resultando em quatro a cinco ciclos por tempo de sono ou horas de sono.

O primeiro ciclo de sono leva cerca de 90 minutos. Depois disso, eles medem entre 100 a 120 minutos. Normalmente, um indivíduo passa por quatro a cinco ciclos de sono por noite.

O tempo de sono de uma pessoa (aproximadamente 6-8 horas para adultos) pode ser dividido em 2 metades. A primeira metade para a maioria das pessoas consiste principalmente de Estágios 2 e o início do sono de ondas lentas com períodos esporádicos da Fase 1 e períodos REM curtos. À medida que a noite avança, o sono de ondas lentas começa a diminuir em quantidade, enquanto os Estágios 1 e 2 permanecem com períodos de extensão de REM ocorrendo.  

Uma pessoa tipicamente experimenta de três a cinco períodos REM durante todo o período de sono, com o período REM mais longo, antes de acordar para o dia. Se acordado prematuramente de completar o período REM, uma pessoa pode experimentar um período de inércia do sono, com sensação elevada de sonolência durante o dia, que pode ocorrer por vários minutos ou até várias horas

A privação do REM pode causar irritabilidade, uma auto-imagem negativa e diversos problemas de saúde.

Esse artigo foi para informar você que seu sono tem uma estrutura complexa e é responsabilidade do neurologista um conhecimento profundo de todos os eventos que ocorrem durante o sono. Toda a estrutura do sono pode ser avaliada clinicamente e com o auxílio de uma polissonografia (exame para documentar a atividade elétrica cerebral e as alterações fisiológicas do sono). Se você sente que poderia estar dormindo melhor, converse com seu médico neurologista de confiança para uma avaliação da qualidade do seu sono.


Compartilhe
2019-03-12T14:53:22+00:00 quarta-feira 13 de março 2019|Distúrbios do Sono, Exames, Neurologia, Sono|0 Comentários

Dúvidas e ou Sugestões?

Informações de Contato

Av Ibirapuera 2907, Conjunto 1618 Moema, São Paulo/ BR CEP 04029-200

Phone: 11 3522-9515

Web: Dr Diego de Castro