São Paulo: (11) 3504-4304 | Vitória: (27) 99707-3433 - (27) 99886-7489

Diagnóstico e Tratamento da Tontura ao Levantar

Dr Diego de Castro
26/10/2022
Compartilhe

Segundo o NIH, sentir tontura ao levantar rápido demais geralmente não é um problema sério. Mas quando começa a acontecer frequentemente ou associado a outros sintomas, você pode estar desenvolvendo um distúrbio do sistema nervoso.

Procurar atendimento médico e conversar sobre seus sintomas pode ajudar a encontrar a causa de seus sintomas e a determinar uma forma de tratamento eficaz, caso seja necessário.

Neste artigo, Dr Diego de Castro, Neurologista e Neurofisiologista pela USP, explica sobre Diagnóstico e Tratamento da Tontura ao Levantar.

Diagnóstico da Tontura ao Levantar

Segundo a Mayo Clinic, um teste simples pode ser suficiente para diagnosticar a hipotensão ortostática. Seu médico afere a sua pressão arterial nas posições sentado ou deitado e, após 5 minutos, em pé. Você tem hipotensão ortostática se:

  • sua pressão arterial sistólica cair 20 mm de mercúrio (mm Hg) ou
  • sua pressão arterial diastólica cair 10 mm Hg.

Mas para identificar a causa para sua hipotensão ortostática, é necessário realizar outros exames.

Iniciamos com algumas perguntas sobre seus sintomas e histórico médico e a seguir realizamos um exame físico.

Esteja preparado para responder às seguintes perguntas:

  • Há quanto tempo a tontura vem ocorrendo?
  • Você desmaiou ou caiu durante um episódio de tontura?
  • A tontura aconteceu após um período prolongado de repouso na cama?
  • A tontura aconteceu após perda de fluidos (como vômito ou diarreia)?
  • Você tem algum distúrbio que pode causar tontura (como diabetes, doença de Parkinson ou câncer)?
  • Você usa algum medicamento que pode causar tontura (por exemplo, anti-hiperpertensivo, anti-histamínico ou calmante)?

Um exame neurológico também é realizado para testar aspectos como:

  • Força
  • Sensibilidade
  • Reflexos
  • Equilíbrio
  • Marcha.

O que encontramos durante esta etapa pode sugerir uma causa para a tontura e quais exames podem ser realizados para confirmar.

De acordo com a Cleveland Clinic, os exames mais comumente utilizados incluem:

  • Exames de sangue para verificar as contagens de células sanguíneas, os níveis de glicose no sangue e eletrólitos, assim como os níveis hormonais
  • Ecocardiograma, Eletrocardiograma e exames de imagem do coração, para verificar se alguma condição cardíaca é a causa para a tontura
  • Outros testes, dependendo de fatores individuais.

Em pessoas com sintomas de longo prazo, achados como problemas de movimento podem indicar doença de Parkinson. Dormência, formigamento ou fraqueza também podem indicar uma desordem do sistema nervoso. Nesses casos, podemos solicitar um Teste de Inclinação (também chamado de Tilt Test), que pode indicar um mau funcionamento do sistema nervoso autônomo.

  1. Após um período de repouso, o paciente é submetido a mudanças de postura em elevação da cabeceira da maca até 60 ou 70 graus
  2. Faixas de segurança colocadas sobre a cintura e os joelhos manterão o paciente seguro na maca
  3. Se ocorrer queda acentuada da pressão arterial, o paciente será prontamente reposicionado para a posição inicial
  4. A seguir, o paciente é avaliado para identificar como a pressão arterial reage a determinadas medicações (essa fase poderá ou não ser realizada, dependendo do que for observado na fase anterior)
  5. O procedimento tem duração aproximada de 1 hora.
Teste de Inclinação
Teste de Inclinação

Tratamento da Tontura ao Levantar

Conforme a British Heart Foundation, quando a hipotensão ortostática está associada a algum distúrbio cardíaco, endócrino ou neurológico, com o tratamento da condição podemos controlar os sintomas.

Seu médico também pode ajustar seus medicamentos para diminuir seus sintomas ou recomendar mudanças em seus hábitos alimentares.

Em alguns casos, o uso de meias de compressão pode ser benéfico, pois elas aplicam pressão suave em suas pernas, o que ajudará a empurrar o sangue de volta para o coração.

É raro, mas algumas pessoas com hipotensão ortostática precisam de medicamentos prescritos para aumentar o volume sanguíneo e a pressão. Estas drogas incluem:

  • Droxidopa
  • Agentes estimulantes da eritropoiese
  • Fludrocortisona
  • Cloridrato de midodrina
  • Piridostigmina

Práticas de Autocuidado para Gerenciar a Hipotensão Ortostática

Mesmo quando a tontura ao levantar não está relacionada a uma condição grave, ainda pode levar a sérios problemas. Por exemplo, sentir-se tonto pode levar a uma queda. Também pode fazer você se sentir ansioso sempre que precisar mudar de posição.

Seja guiado pelo seu médico, mas algumas sugestões gerais da Harvard College que podem ajudá-lo a gerenciar a hipotensão ortostática incluem:

  • Apoie sua cabeça com travesseiros quando estiver na cama para reduzir a probabilidade de hipotensão ortostática quando você se levantar.
  • Levante-se lentamente de uma posição sentada ou deitada para permitir que seus vasos sanguíneos se ajustem.
  • Consulte um médico vascular para receber prescrição de meias de compressão adequadas, para reduzir o acúmulo de sangue nas pernas, o que ajuda a aumentar a pressão arterial em todo o corpo.
  • Coma refeições pequenas e frequentes em vez de três grandes refeições por dia.
  • Beba muitos fluidos ao longo do dia para evitar a desidratação.
  • Limite o consumo de álcool. O álcool pode causar desidratação e dilatação dos vasos sanguíneos.
  • Considere beber pequenas, mas regulares doses de cafeína, que aumentam a pressão arterial. Uma xícara de café ou chá com cada refeição tende a reduzir a gravidade da hipotensão ortostática. Lembre-se, no entanto, que bebidas com cafeína podem causar desidratação, por isso a moderação é a chave.
  • Experimente outras bebidas que contenham cafeína, como chocolate quente, se você não gosta de café ou chá.
  • Evite exercícios vigorosos, banhos quentes, saunas e qualquer ambiente quente, pois o calor faz com que os vasos sanguíneos se dilatem.
  • Evite ficar em pé sem se mover por longos períodos de tempo.
  • Evite subir rapidamente a grandes altitudes.
  • Consulte seu médico para exames regulares de pressão arterial.

Se você perder a consciência ao se levantar (mesmo por um breve momento) ou se cair, procure atendimento médico de emergência.

Dr Diego de Castro Neurologista

Dr Diego de Castro é Neurologista pela USP e se dedica integralmente ao universo do diagnóstico e assistência.

Quer continuar aprendendo? Leia nossos outros artigos relacionados:

Estamos disponíveis para cuidar de você nos endereços:

Avenida Américo Buaiz, 501 – Ed. Victória Office Tower Leste, Sala 109 - Enseada do Suá, Vitória - ES, 29050-911

Tel: (27) 99707-3433

R. Itapeva, 518 - sala 901 Bela Vista - São Paulo - SP, CEP: 01332-904

Telefones: (11) 3504-4304

Posts Relacionados:


Compartilhe
Posts mais Populares
Acompanhe nosso Podcast!
Escute nossos conteúdos em áudio, na sua plataforma preferida:
Assine nossa Newsletter!

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail todos os nossos novos artigos.

Dr Diego de Castro dos Santos
Neurologia - Dr Diego de Castro
Dr Diego de Castro dos Santos é Neurologista pela USP e responsável pelo Serviço de Especialidades Neurológicas – Eletroneuromiografia. Atua como neurologista em Vitória Espírito Santo ES e em São Paulo no tratamento de Dor de Cabeça, Depressão, Doença de Parkinson, Miastenia gravis e outras doenças. Também se dedica a reabilitação de pacientes com AVC, distonias e crianças com paralisia cerebral, por meio de aplicação de toxina botulínica (Botox) e neuromodulação.
Dúvidas? Sugestões?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

DR DIEGO DE CASTRO

Dr. Diego de Castro dos Santos
Neurofisiologia clínica - RQE 74154
Neurologia - RQE 74153
Diretor Clínico Autor e Responsável Técnico pelo Site – Mantenedor.

Missão do Site: Prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade. Destinado ao público em geral.
NEUROLOGISTA EM SÃO PAULO – SP
CRM-SP 160074

R. Itapeva, 518 - sala 901
Bela Vista - São Paulo - SP 
CEP: 01332-904

Telefones:
(11) 3504-4304
(11) 98758-7663

NEUROLOGISTA VITÓRIA – ES
CRM-ES 11.111

Av. Américo Buaiz, 501 – Sala 109
Ed. Victória Office Tower Leste, Enseada do Suá, Vitória – ES, CEP: 29050-911

Telefones:
(27) 99707-3433
(27) 99886-7489

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com o uso de cookies. Leia nossa política de privacidade/cookies para saber mais informações.
magnifier
× Como posso ajudar?
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram