São Paulo: (11) 98758-7663 - (11) 3262-4745 | Vitória: (27) 99707-3433 - (27) 99886-7489

Enxaqueca com Aura

Dr. Diego de Castro dos Santos28/05/2020
Compartilhe

Segundo a American Migraine Foundation, a enxaqueca com aura é uma condição limitante em que a dor de cabeça é precedida por um alteração neurológica de cerca de 15-60 minutos de duração.

Muitas vezes descrito como um "sinal de alerta", o estágio da aura da enxaqueca consiste em uma série de distúrbios sensoriais que acontecem pouco antes da crise de enxaqueca. O estágio de aura é de particular interesse para médicos e pesquisadores, pois não afeta todas as pessoas com enxaqueca e geralmente não ocorre em todas as crises.

Neste artigo, Dr Diego de Castro Neurologista e Neurofisiologista pela USP, explica sobre a enxaqueca com aura, suas causas, sintomas e formas de tratamento.

Enxaqueca com Aura

O que é a Aura?

De acordo com a Mayo Clinic, a aura corresponde a uma série de distúrbios sensoriais que ocorrem cerca de uma hora antes do início da crise de enxaqueca. A aura geralmente dura 05 a 60 minutos e pode incluir muitos sintomas como:

  • Sintomas visuais:
    • Pontos cegos
    • Linhas em zigue-zague que flutuam pelo campo de visão
    • Pontos cintilantes
    • Perda da visão
    • Faíscas ou flashes de luz.
Representação dos Sintomas Visuais na Aura da Enxaqueca
Representação dos Sintomas Visuais na Aura da Enxaqueca
  • Outros sintomas:
    • Formigamento em um lado do corpo
    • Fraqueza muscular
    • Incapacidade de falar com clareza.

Dor de cabeça intensa, náusea e sensibilidade à luz e ao som também podem estar presentes durante a aura. A National Headache Foundation afirma que alguns pacientes apresentam auras mais generalizadas, como alterações de personalidade, exaltação ou aumento de energia ou fome.

Enxaqueca com Aura - Causas

Segundo a National Headache Foundation, a aura é produzida por nervos hiper-excitados no cérebro que são ativados antes da dor da enxaqueca. Quando os nervos excitados são ativados nas áreas de processamento visual do cérebro, o paciente experimenta sintomas visuais. Quando outras áreas do cérebro estão excitadas, podem ocorrer dormência ou formigamento.

A Mayo Clinic complementa que alguns dos fatores que desencadeiam a enxaqueca também podem desencadear a enxaqueca com aura:

  • Relaxamento após o estresse
  • Luz solar e outras luzes brilhantes
  • Influências emocionais
  • Alterações do sono
  • Mudança nas estações
  • Uso de Álcool
  • Esforço físico
  • Odores Fortes.

Outros gatilhos para deflagrar a enxaqueca com aura incluem:

  • Alterações hormonais
  • Tabagismo ou exposição ao fumo
  • Mudanças relacionadas ao clima
  • Dor no pescoço
  • Desidratação
  • Alimentos específicos.

É importante considerar que todo cérebro é diferente e pode reagir exclusivamente a certos estímulos. Isso torna essencial trabalhar com seu médico especialista para identificar seus gatilhos específicos.

Além disso, segundo a Stanford Headache Clinic, o motivo pelo qual algumas pessoas têm aura e outras não é provavelmente devido a fatores genéticos que desempenham um papel na predisposição de um paciente para enxaqueca com aura. Pesquisas estão sendo realizadas para entender possíveis genes envolvidos, o que pode nos ajudar no desenvolvimento de tratamentos específicos para prevenir a aura.

Diagnóstico

Segundo a Mayo Clinic, para diagnosticar a enxaqueca com aura, o médico precisa avaliar seus sinais e sintomas, seu histórico médico e familiar e realizar um exame físico.

Entre as avaliações realizadas, podemos citar:

  • Exame físico, para verificar seus músculos, reflexos, fala e sentidos, com o objetivo de identificar problemas de transmissão nervosa
  • Exame oftalmológico completo, realizado por um oftalmologista, para descartar problemas oculares
  • Exames de sangue podem ajudar a descartar outras causas, como infecção e sangramento
  • Exames de imagem, como Tomografia computadorizada ou Ressonância magnética, para identificar se condições cerebrais podem estar causando seus sintomas.

Se a sua aura não for seguida por dor de cabeça ou se os distúrbios visuais afetarem apenas um olho, é necessário realizar avaliações neurológicas específicas, para descartar condições mais graves, como uma ruptura na retina ou um ataque isquêmico transitório (AIT).

Enxaqueca com Aura - Tratamento

Tratamento da Enxaqueca com Aura

Segundo a Mayo Clinic, o tratamento realizado para a enxaqueca com e sem aura não apresenta grandes diferenças.

Um artigo de revisão publicado no The Journal of Headache and Pain complementa que a aura é de natureza transitória, e o tratamento agudo direcionado à própria crise de enxaqueca pode produzir eficácia clínica significativa. Da mesma forma, o tratamento preventivo pode reduzir a frequência da aura, assim como a frequência das crises em geral.

Atualmente, não existem tratamentos disponíveis que comprovadamente abortem ou reduzam especificamente os sintomas da aura. Contudo, vários tratamentos estão sendo testados.

Tratamento Abortivo

Recomendações da American Migraine Foundation incluem procurar uma sala silenciosa e escura e fechar os olhos, assim que perceber que os sintomas da aura começaram. Assim como em outros tipos de enxaqueca, tratar a fase aguda de uma crise de enxaqueca com aura envolve ingerir o mais rapidamente possível a combinação de medicamentos para alívio dos sintomas que foi prescrita pelo seu médico.

A Mayo Clinic aponta as classes de medicamentos que podem ser utilizadas como abortivos da crise de enxaqueca:

  • Analgésicos de venda livre ou prescritos
  • Triptanos
  • Di-hidroergotaminas
  • Medicamentos opioides
  • Medicamentos anti-náusea.

Tratamento Preventivo

Os medicamentos preventivos podem ajudar a prevenir crises frequentes de enxaqueca, sejam elas com ou sem aura. Esta medicação visa reduzir a frequência, a gravidade e a duração das crises. Conforme informações da Mayo Clinic, as opções incluem:

  • Alguns medicamentos que reduzem a pressão arterial
  • Antidepressivos
  • Anticonvulsivantes
  • Injeções de toxina botulínica (botox)
  • Anticorpos monoclonais.

Como Lidar com a Aura da Enxaqueca

Experimentar a aura em uma crise de enxaqueca pode ser assustador. Para aprender a como lidar com esses eventos, converse com seu médico sobre quais medidas tomar quando acontecer. Dessa forma, você tem um plano de ação e estará preparado quando surgir uma aura.

De acordo com a American Migraine Foundation, se os sintomas da aura ocorrerem de forma súbita, durarem mais de 60 minutos ou não se resolverem completamente, é necessária atenção médica de emergência. Além disso, sintomas adicionais à aura da enxaqueca, como fraqueza de um lado do corpo, mudança de consciência ou nível de alerta, indicam o momento de procurar ajuda médica.

A National Headache Foundation também recomenda que uma pessoa idosa que experimenta novos sintomas de aura deve consultar um médico imediatamente, para garantir que estes não sejam sintomas de AIT ou AVC.

Dr Diego de Castro Neurologista & Neurofisiologista

Dr Diego de Castro trabalha juntamente com cada um de seus pacientes que apresenta algum tipo de dor crônica, com estratégias que ajudem a melhorar sua função e minimizar sua necessidade de medicamentos.

Entendemos que a dor de cada paciente é única. Por isso, abordamos planos de tratamento individualizados, porém abrangentes de gerenciamento da dor.

Gostou deste artigo? Compartilhe com um amigo! Siga-nos nas redes sociais!

Continue aprendendo sobre sua condição:

Neurologista Especializado em Enxaqueca - Tratamento de Enxaqueca em Vitória Espírito Santo ES

Dr Diego de Castro Neurologista pela USP, tratamento especializado para casos graves de enxaqueca em Vitória Espírito Santo ES, por meio de aplicação de toxina botulínica, bloqueio de nervo occipital e novos tratamentos para enxaqueca.

Endereço: Avenida Americo Buaiz, 501 – Victória Office Tower – Torre Leste – Enseada do Suá, Vitória – ES, 29050-911, próximo ao Shopping Vitória.

Telefone: (27) 99707-3433

Posts Relacionados:


Compartilhe

Posts mais Populares

Assine nossa Newsletter!

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail todos os nossos novos artigos.

Dr Diego de Castro dos Santos
Dr Diego de Castro Neurologista
Dr Diego de Castro dos Santos é Neurologista pela USP e responsável pelo Serviço de Especialidades Neurológicas – Eletroneuromiografia. Atua como neurologista em Vitória Espírito Santo ES e em São Paulo no tratamento de Dor de Cabeça, Depressão, Doença de Parkinson, Miastenia gravis e outras doenças. Também se dedica a reabilitação de pacientes com AVC, distonias e crianças com paralisia cerebral, por meio de aplicação de toxina botulínica (Botox) e neuromodulação.
Dúvidas? Sugestões?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DR DIEGO DE CASTRO

Dr. Diego de Castro dos Santos
Neurofisiologia clínica - RQE 74154
Neurologia - RQE 74153
Diretor Clínico Autor e Responsável Técnico pelo Site – Mantenedor.

Missão do Site: Prover Soluções cada vez mais completas de forma facilitada para a gestão da saúde e o bem-estar das pessoas, com excelência, humanidade e sustentabilidade. Destinado ao público em geral.
NEUROLOGISTA EM SÃO PAULO – SP
CRM-SP 160074

R. Itapeva, 518 - sala 901
Bela Vista - São Paulo - SP 
CEP: 01332-904

Telefones:
(11) 3262-4745
(11) 98758-7663

NEUROLOGISTA VITÓRIA – ES
CRM-ES 11.111

Av. Américo Buaiz, 501 – Sala 109
Ed. Victória Office Tower Leste, Enseada do Suá, Vitória – ES, CEP: 29050-911

Telefones:
(27) 99707-3433
(27) 99886-7489

magnifier
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram