Neurologista Especialista em Enxaqueca

/, Dor Crônica, Dor de Cabeça, Enxaqueca/Neurologista Especialista em Enxaqueca

Neurologista Especialista em Enxaqueca

By | 2019-12-07T00:11:42+00:00 quarta-feira 4 de dezembro 2019|Aplicação de Botox, Dor Crônica, Dor de Cabeça, Enxaqueca|
Compartilhe

Existe uma variedade de tratamentos disponíveis para gerenciar dores de cabeça e crises de enxaqueca. Pode parecer difícil saber quando procurar tratamento médico e como encontrar um Neurologista Especialista em Enxaqueca que compreenda os sintomas que você está experimentando e qual a melhor técnica de tratamento para o seu caso.

Para sanar suas dúvidas, neste artigo, Dr Diego de Castro Neurologista e Neurofisiologista pela USP, explica sobre os diferentes aspectos do tratamento da enxaqueca e como o médico neurologista pode ajudar.

Quando Procurar um Neurologista Especialista em Enxaqueca

Para determinar se você deve procurar atendimento de um neurologista especialista em enxaqueca, considere o seguinte:

  • Você tem crises de enxaqueca que te incapacitam ou afetam sua vida íntima?
  • Você tem dor de cabeça em 15 ou mais dias por mês?
  • Suas dores de cabeça se tornaram mais frequentes ou mais graves?
  • Suas dores de cabeça estão interferindo em sua vida em relação ao trabalho, escola, família ou atividades sociais?
  • Você está usando analgésicos como dipirona, tylenol, doril, dorflex e outros com muita frequência?
  • Você teve recentemente uma dor de cabeça significativamente diferente das outras dores de cabeça já experimentadas ou que descreveria como a pior dor de cabeça da sua vida?

Se você respondeu “sim” a qualquer uma dessas perguntas, é importante discutir suas dores de cabeça com um médico com experiência no diagnóstico e tratamento de enxaqueca.

Acesse nosso aritgo ” Enxaqueca – Sintomas e Causas” para obter mais informações sobre o diagnóstico da enxaqueca ( https://drdiegodecastro.com/enxaqueca-sintomas-e-causas/). Neste artigo, vamos focar em seu tratamento.

voltar ao menu

Tratamento com Neurologista Especialista em Enxaqueca

Existem três abordagens que um neurologista especialista utiliza para o tratamento da enxaqueca:

  • Mudança de estilo de vida e gerenciamento de gatilhos de dor
  • Tratamentos agudos ou abortivos (isto é, aqueles tomados durante as crises de enxaqueca),
  • Tratamentos preventivos (medicamentos ou outras intervenções que visam evitar o surgimento da dor e reduzir a tendência a ter crises).

Embora muitos pacientes achem que ajustes no estilo de vida, como regularizar refeições e dormir, podem reduzir a frequência de suas crises, algum tipo de medicamento ou terapia complementar é quase sempre necessário em pacientes com enxaqueca crônica.

O método específico para tratamento de uma pessoa com enxaqueca será determinado com base em:

  • Sua idade, saúde geral e histórico médico
  • Gravidade e frequência dos sintomas
  • Sua tolerância a medicamentos, procedimentos ou terapias específicas
  • Sua opinião ou preferência

voltar ao menu

Dr. Diego de Castro - Cefaleia (dor de cabeça)

Tratamento da Enxaqueca em Vitória ES

Modificação do Estilo de Vida e Redução dos Gatilhos

Quando os pacientes têm crises frequentes e graves, pode ser difícil reconhecer gatilhos específicos. Paradoxalmente, geralmente ocorre que, quando as dores de cabeça crônicas começam a melhorar com o tratamento, os gatilhos se tornam mais óbvios. A regularidade em relação às refeições, hidratação, sono e estresse é sempre útil na identificação e redução da tendência a enxaquecas.

Muitos pacientes com enxaqueca crônica terão outros problemas que exacerbam sua tendência a dores de cabeça, como:

  • Depressão,
  • Ansiedade,
  • Outras síndromes dolorosas, como fibromialgia, dor localizada nas estruturas da cabeça e pescoço,
  • Condições que criam tensão ‘metabólica’, como apneia do sono ou síndrome de taquicardia ortostática postural.

O gerenciamento adequado desses fatores é necessário para maximizar o efeito de qualquer outro tratamento para enxaqueca. É particularmente importante evitar o uso excessivo de medicamentos (incluindo o uso excessivo de cafeína), assim como vigiar seus hábitos alimentares, pois isso pode tornar a maioria das tentativas de tratamento preventivo ineficaz. Quando consideramos que 30% das crises de enxaqueca está associada a alimentação, reconhecemos a importância de cuidar da alimentação para a enxaqueca (https://drdiegodecastro.com/alimentacao-na-enxaqueca/).

voltar ao menu

Tratamento Preventivo da Enxaqueca – Tratar para diminuir a frequência de dores de cabeça

O tratamento preventivo, realizado mesmo na ausência de dor de cabeça, visa reduzir a frequência e a gravidade das crises de enxaqueca, tornar essas crises mais responsivas à terapia abortiva e, também melhorar a qualidade de vida do paciente. O tratamento preventivo é a medida mais importante na vida dos pacientes com enxaqueca. Ele evita que os pacientes utilizem muitos analgésicos e que a dor piore ao longo do tempo.

Diversos medicamentos demonstraram ser eficazes no tratamento preventivo da enxaqueca. A escolha entre estas opções varia com o padrão de dores de cabeça, condições de saúde, tolerabilidade, gravidez, efeitos colaterais e preço.

Entre as opções de tratamento que previnem as crises de enxaqueca estão:

  • Medicamentos da classe dos inibidores da recaptação de serotonina e/ou noradrenalina
  • Medicamentos como os Beta-bloqueadores ou bloqueadores do canal de cálcio
  • Medicamentos bloqueadores do canal de sódio (e outras drogas com atividade anticonvulsivante)
  • Vitaminas em doses elevadas
  • Bloqueio anestésico do nervo occipital e de outros nervos cranianos
  • Uso dos anticorpos monoclonais inibidores ou antagonistas do CGRP
  • Aplicação de Toxina Botulínica

Para os casos graves e muito frequente de enxaqueca a melhor opção é a aplicação de toxina botulínica. O uso dos anticorpos monoclonais é uma excelente forma de tratamento recém chegada ao Brasil, mas de preço muito elevado.

Finalmente, técnicas neurocirúrgicas, como a estimulação do nervo occipital, estimulação do nervo vago ou a estimulação cerebral profunda, podem ser consideradas para os casos raros, mas desafiadores, verdadeiramente intratáveis.

voltar ao menu

Tratamento Agudo – Interrompendo a dor de cabeça

O tratamento agudo visa reverter, ou pelo menos interromper, a progressão de uma dor de cabeça iniciada. Neste sentido, os resultados são melhores quando:

  • As crises são tratadas precocemente, quando a dor ainda é leve;
  • Quando são utilizadas doses efetivas, sendo os tratamentos titulados de forma constante até a dose máxima tolerada antes de serem abandonados por serem ineficazes;
  • Quando são tratados os sintomas associados como náusea.

Se analgésicos simples não forem eficazes, medicamentos da classe dos triptanos devem ser usados ​​e dos opiáceos evitados, se possível.

Limites rigorosos devem ser estabelecidos na frequência com que tratamentos agudos são usados ​​para evitar agravar a situação por uso excessivo de medicamentos. Recentemente, tem havido interesse em técnicas de estimulação não invasiva, como a estimulação magnética transcraniana. Estudos conduzidos em Harvard University sugerem que estes podem ser tão eficazes quanto os analgésicos padrão no tratamento agudo da enxaqueca e que o uso prolongado pode começar a reduzir a frequência da dor de cabeça.

voltar ao menu

Tratamento Agudo – Quando ir ao Pronto-Socorro?

Algumas enxaquecas podem exigir atenção médica imediata, incluindo hospitalização para observação, teste diagnóstico e exames de emergência no pronto-socorro.

A enxaqueca é um motivo comum para visitas à emergência. As crises que levam os pacientes a chegar a um atendimento médico de emergência costumam ser mais graves, refratárias aos remédios abortivos utilizados em casa e duram mais tempo. Todos esses fatores tornam essas crises mais difíceis de tratar.

A razão pela qual a maioria das pessoas com enxaqueca acaba na sala de emergência é temer que seus sintomas possam ser devido a outra condição grave de saúde ou porque a dor se tornou incontrolável. Se a dor começar repentinamente, é mais intensa que o normal, causa dormência, fraqueza, perda visual ou qualquer sintoma novo ou incomum – você precisa ser examinado por um médico.

Aproximadamente 40% de todas as crises de enxaqueca não respondem a qualquer tratamento. Se tudo mais falhar, pode tratar-se de um estado de mal migranoso, ou seja, uma crise com duração superior a 72 horas, que deve ser tratada em um serviço de urgência médica. Em casos raros, os pacientes podem precisar de hospitalização por alguns dias.

voltar ao menu

Dr Diego de Castro Neurologista Especialista em Enxaqueca em Vitória Espírito Santo/ES

A enxaqueca crônica é uma importante causa tratável de incapacidade neurológica. É essencial fazer um diagnóstico adequado e garantir que quaisquer condições médicas ou psicológicas concomitantes sejam tratadas em paralelo com intervenções destinadas a reduzir a tendência biológica para as crises.

Também é importante definir as expectativas do paciente quanto ao que pode ser alcançado. A enxaqueca não pode ser simplesmente eliminada. No entanto, ele pode ser gerenciada e com muito sucesso, se o médico neurologista e seu paciente trabalharem juntos para melhorar sua qualidade de vida.

Neste sentido, Dr Diego de Castro trabalha juntamente com cada um de seus pacientes que apresenta algum tipo de dor crônica, com estratégias que ajudem a melhorar sua função e minimizar sua necessidade de medicamentos.

Entendemos que a dor de cada paciente é única. Por isso, abordamos planos de tratamento individualizados, porém abrangentes de gerenciamento da dor.

Para agendar uma consulta ou saber mais sobre os serviços de diagnóstico e tratamento da dor, veja abaixo nossas informações de contato:

Dr Diego de Castro Neurologista & Neurofisiologista

R. Itapeva, 518 – sala 901 – Bela Vista, São Paulo – SP, 01332-904

Telefones: (11) 3262-4745 e (11) 98758-7663

Neurologista Especialista em Enxaqueca – Tratamento de Enxaqueca em Vitória Espírito Santo ES

Dr Diego de Castro Neurologista pela USP, tratamento especializado para casos graves de enxaqueca em Vitória Espírito Santo ES, por meio de aplicação de toxina botulínica, bloqueio de nervo occipital e novos tratamentos para enxaqueca.

Endereço: Avenida Americo Buaiz, 501 – Victória Office Tower – Torre Leste – Enseada do Suá, Vitória – ES, 29050-911, próximo ao Shopping Vitória.

Telefone: (27) 99707-3433

Referências:

  1. Medline Plus: https://medlineplus.gov/migraine.html  Acessado em 01/12/2019
  2. MayoClinic: https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/migraine-headache/diagnosis-treatment/drc-20360207 Acessado em 01/12/2019
  3. Migraine Trust: https://www.migrainetrust.org/living-with-migraine/treatments/ Acessado em 01/12/2019
  4. American Headache Society: https://americanheadachesociety.org/news/ahs-launches-position-statement-integrating-new-migraine-treatments-into-clinical-practice/ Acessado em 01/12/2019

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail todos os nossos novos artigos.


Compartilhe

Dr. Diego de Castro dos Santos

Dr Diego de Castro dos Santos é Neurologista pela USP e responsável pelo Serviço de Especialidades Neurológicas – Eletroneuromiografia. Atua como neurologista em Vitória Espírito Santo ES e em São Paulo no tratamento de Dor de Cabeça, Depressão, Doença de Parkinson, Miastenia gravis e outras doenças. Também se dedica a reabilitação de pacientes com AVC, distonias e crianças com paralisia cerebral, por meio de aplicação de toxina botulínica (Botox) e neuromodulação.

Dúvidas e ou Sugestões?

Informações de Contato

Avenida Americo Buaiz, 501 – Victória Office Tower – Torre Leste – Enseada do Suá, Vitória – ES, 29050-911, próximo ao Shopping Vitória.

Phone: (27) 99707-3433

Web: Dr Diego de Castro